[Resenha] O Mundo de Sofia – Jostein Gaarder

resenha, omundodesofia
Entender a Filosofia não é uma tarefa fácil para todos. Nos tempos de escola, muita gente não gostava dessa aula. Pois, diferente das outros conteúdos aprendidos no colégio, em que é preciso decorar a matéria, ela leva o estudante a pensar e a refletir sobre diversos aspectos.

Vendo a necessidade de explicar a Filosofia de uma forma diferente, o norueguês Jostein Gaarder em 1991 publicou “O Mundo de Sofia“. No romance, perto do seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartas anônimas que a questionam sobre o mundo e a forma como vemos ele. Os postais foram mandados do Líbano, por um major desconhecido, e tem como destinatário, Hilde Knag, jovem que Sofia também não conhece.

O enigma dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste fascinante romance. De “lição” em “lição”, o leitor é convidado a trilhar toda a história da filosofia ocidental – dos pré-socráticos aos pós-modernos -, ao mesmo tempo em que se vê envolvido por um intrigante mistério que toma um rumo surpreendente.

O livro já foi traduzido para mais de 50 línguas. No Brasil, o livro é publicado pela Companhia das Letras e, segundo a editora, já foram vendidas mais de 1 milhão de cópias no país.

Se eu pudesse escolher um livro favorito, seria “O Mundo de Sofia”. Quando o li – no início de 2013 – fiquei extremamente encantado. O autor explica a História da Filosofia de uma forma bem simples, lúdica e com diversos exemplos interessantes.

No decorrer da trama, quando Sofia já recebeu várias cartas e o leitor acredita que a história vai ficar só nisso, a autor surpreende com a revelação do mistério. Dessa forma, Jostein consegue nos prender até o fim. Porém, a leitura pode ser um pouco maçante, pois os capítulos trazem muita informação sobre as escolas filosóficas. Mesmo assim, vejo que 0 esforço vale a pena já que o final da história é interessante.

Depois de “O Mundo de Sofia”, me tornei fã do autor. Pois, o grande mérito do livro é conseguir aproximar o leitor da Filosofia. É claro que depois de terminar a leitura, você não se torna um filósofo. Mas, pelo menos terá uma noção básica de cada pensador e de suas principais ideias, além de ter uma perspectiva diferente sobre o mundo que o cerca.

Até a próxima.

Anúncios

Um comentário sobre “[Resenha] O Mundo de Sofia – Jostein Gaarder

  1. Pingback: [Resenha] Mistério de Natal - Jostein Gaarder - Blog Carolina Bachiega

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s